Dicas

Incrementando o purê

Um pretinho básico é excelente, mas usá-lo repetidas vezes sem um acessório especial entra no que o dicionário chamaria de ordinário. O mesmo acontece com comida, sem querer tirar o valor do feijão com arroz, gostaria de propor que os mesmos possam receber um toque especial para que a repetição de alimentos não signifique repetição de sabores. Um acessório rápido e prático é o purê. Sei que pensar em purê, ainda na analogia fashion, é como adicionar um scarpin preto, mas na verdade ele vai ser a sandália dourada…

Ingredientes para a base de um purê:

  • 700g da leguminosa
  • ½ colher de sopa de sal
  • 35/40g de manteiga
  • 70ml de leite (existe uma variação dependendo da umidade da leguminosa)

“Anéis” e “echarpes”:

  • Feijão (sugiro o branco pelo aspecto visual, mas qualquer feijão, seja ele em lata já cozido, verde, mulato, vai ficar excelente) – Refogue cebola picada em bacon moído (neste caso, não utilize a manteiga), adicione o feijão já cozido (e levemente salgado), adicione o leite (substituindo por caldo de legumes se for usar feijões mais escuros), cozinhe e processe.
  • Abóbora – Usar a manteiga para refogar carne-seca desfiada e cebola picada, adicione a abóbora, ½ do leite e abafe. Ao final do cozimento processe e adicione mais leite se necessário
  • Batata – Qualquer tipo de batata pode ser um bom purê, baroa, inglesa, doce, asterix. E fica excelente com a adição de salsinha ou cebolinha picadas e gratinadas com gorgonzola.
  • Lentilha – Purê servido com lingüiça frita picada e alecrim.
  • Grão de bico – Cozinhar o grão de bico com suco de limão. Caso use em lata, adicione o suco de limão na hora de amassá-lo e cuidado com a quantidade de leite.
  • Ervilha – Fazer um refogado de cebola para a ervilha, e não utilizar, ou utilizar em pequena quantidade, o leite.
  • Milho – Fazer o refogado de cebola e substituir o leite por creme de leite.



Coco Channel nos apresentava uma regra: Antes de sair de casa, retire a última peça. Na cozinha eu vos digo: Antes de servir adicione uma última “peça”, seja ela uma erva fresca, um queijo parmesão ou chevrè ralado, use a imaginação, vai ser sua melhor companheira na busca pela EXTRA-ordinariedade…

You Might Also Like

3 comentários

  • Reply
    Ju
    27 de setembro de 2010 at 17:32

    Amei a analogia fashion com cuisine! Me deu até vontade de fazer um pure pra ser uma pessoa EXTRA-ordinária!

  • Reply
    carla neves gonçalves
    28 de setembro de 2010 at 0:32

    bom texto!! excelente comparação!! e a dica final, EXTRA-ordinária. farei os purês e contarei os resultados. bjs. ps: o que seria batata asterix?

  • Reply
    Marcia
    29 de setembro de 2010 at 2:28

    viajo no texto, delicío-me antevendo o prazer com as gostosuras. Testemunho a delícia que é o de feijão-branco. Brincos de brilhantes.

  • Deixe um comentário