America do Sul Peru Viagem

Lima: La Lucha Sangucheria

Fotos: JG

Uma das coisas mais incríveis do Peru é a diversidade cultural e ambiental do país: em poucas horas você sai de uma cidade no meio das montanhas de altitude de 3.400 metros, que parece muitas vezes que parou no tempo, e vai para uma cidade litorânea, moderna e cospomolita. Lima é o que se espera de uma cidade grande: tudo que adoramos amar e odiar, restaurantes ótimos, boates incríveis, muita gente interessante e trânsito caótico.

Nada melhor que descobrir onde os locais (e não locais) matam a fome, principalmente quando se trata de comida rápida. Encontramos por diversas dicas na internet a La Lucha Sangucheria, super indicada e super lotada o dia inteiro, vale cada minuto na fila. A especialidade do lugar são os sanduíches feitos com jamón, presuntos locais, queijos e pães artesanais e as mais famosas batatas fritas de Lima (e olha que de batata eles entendem!).

A casa é redondinha: fila rápida, atendimento extremamente simpático e eficiente, cozinha aberta, ingredientes fresquinhos e sucos coloridos e saborosos. Escolhi o sanduiche El cordano (pão caseiro com Lomo fino e queso edam com molho tártaro, com carne cozida a lenha), perfeito, de lamber os dedos. A batata é bem rústica, crocante por fora e bem recheada, com vários molhinhos para escolher. O que mais iríamos querer?

Agora vem uma confissão da nossa viagem, descobrimos ser mais do que possível variar entre nossos preciosos e estrelados restaurantes e um fast food bem feito e de respeito. Em 4 dias em Lima, fomos várias vezes ao La Lucha! As fotos podem provar: Luchadores com muito orgulho!

La Lucha Sangucheria
Diagonal 308 – Lima, Peru
facebook.com/laluchasangucheriacriolla

You Might Also Like

3 comentários

  • Reply
    Carolina R.
    7 de setembro de 2012 at 12:45

    Deu até fome
    bj

  • Reply
    Vanessa
    7 de setembro de 2012 at 20:46

    Quero ir pro Peru agora!!! Imagino o gostinho dessas batatas fritas viu hehehe

  • Reply
    Natalia
    2 de outubro de 2012 at 20:13

    Quero viajar com você, JG.

  • Deixe um comentário