Brasil Rio de Janeiro Viagem

Rio: Zot Gastrobar

Fotos: Natalia Valle

Eu fico super feliz quando ouço que vocês foram a um lugar que indicamos e gostaram. É como se a gente ajudasse, de alguma forma, a deixar o dia de vocês um pouquinho mais gostoso. Outro dia soube de um casal de leitores que costuma escolher o roteiro gastronômico do final de semana pela nossa lista de restaurantes, isso me motivou a tirar este post da gaveta e a me empenhar mais esse ano para mostrar outros lugares bacanas aqui no blog. Já preparei alguns bem legais. Mariana e Daniel, esse é para vocês. Obrigada pelo carinho e motivação!

Tem tempo que estava enrolando para escrever sobre o Zot. Aliás, enrolei demais para conhecer o gastrobar. Aberto há mais de dois anos, fui deixando para depois e depois…e nada. Bom, finalmente fui no meu aniversário, agora no final do ano, para um jantar super delicioso com o namorado. Se você ainda não conhece, não enrole que nem eu. Para começar, o cardápio é assinado pela Ciça Roxo e pelo Joca Mesquita e onde tem dedo desses dois é porque o negócio é bom.

O Zot fica no baixo copa, tem um ambiente intimista e agradável, cardápio gostoso e atendimento simpático e rápido (estive lá em uma quinta-feira, mas a casa estava cheia). Eu indico ficar nas tapas e provar quantas puder, mas também há cinco opções de pratos maiores que não cheguei a provar (risoto vegetariano, massa, filet, peixe e pato). Ou seja, tem para todo mundo. No nosso caso, preferimos entradas e sanduíches. Veio tudo muito caprichado e delicioso.

Começamos com o famoso Bolinho de Pato (servido com molho de tucupi maravilhoso – que já é motivo suficiente para voltar) e o Ceviche com peixe branco, água de coco, manga, pimenta biquinho e torradas (perfeito agora para o verão).

Depois escolhemos os sandubinhas: o Choripan é com linguiça recheada com provolone e chimichurri, já o Zot Burger é feito com chorizo, queijo coalho e cebola caramelizada. Ambos deliciosos. Para acompanhar, escolhemos o espumante Rosé Brut Don Giovanni. Eu ainda encararia uma sobremesa (entitulada na cardápio como Final Feliz, e não é?), mas a que eu queria estava em falta. Por que isso sempre acontece comigo nos resturantes? Why? Era picolé com zabaione, se você for, prova e me conta depois? Mas uma coisa é certa: não enrolo mais para voltar ao Zot.

Zot Gastrobar
Rua Bolivar, 21
Copacabana – Rio de Janeiro

You Might Also Like

10 comentários

  • Reply
    Manu Demonti
    21 de janeiro de 2015 at 11:27

    Caramba que delicia de lugar amore!!!
    Anotando no caderninho carioca…rs!

    Bjoo no coração
    Manu

  • Reply
    kiri
    21 de janeiro de 2015 at 12:03

    eu fui no zot logo quando abriu pq é pertinho da minha casa e não gostei… demorei mto pra dar uma segunda chance, hj em dia ta mto bom mesmo! vou voltar pra comer esse bolinho de pato hein!!!

  • Reply
    Flávia Batista
    21 de janeiro de 2015 at 15:36

    Nossa, fiquei com água na boca!
    Bjs

  • Reply
    Camila Faria
    21 de janeiro de 2015 at 15:49

    Gente, esse picolé com zabaione deve ser uma coisa de delicioso!!! Preciso!

  • Reply
    Lala Ismerim
    22 de janeiro de 2015 at 14:37

    Gente, morri com essas comidinhas!
    Cadê passagem pro Rio?! Preciso urgenteeeee!
    Beijo

  • Reply
    Anita
    22 de janeiro de 2015 at 20:52

    Quero experimentar o Choripan! Deve ser uma delicia!!

  • Reply
    Brigadeiros e Barcelona
    24 de janeiro de 2015 at 10:06

    Ah ! Eu tb morro de amores quando as pessoas seguem minhas dicas! Coisa mais gostosa do mundo!
    E esses pratos estão com uma cara maravilhosa!!!!!! Esse ceviche, então!
    Bjs!

  • Reply
    Daniel
    25 de janeiro de 2015 at 11:47

    Nós é que agradecemos Natália! Todas as dicas que pegamos no Gulab valeram demais! Eu sou um cara super exigente com comida, e posso dizer que as indicações do blog só superam expectativas! Beijos meus e da Mariana para você e a todos os colaboradores do Gulab

  • Reply
    Karyne
    26 de janeiro de 2015 at 14:39

    Como amo hambúrguer hahahaha

  • Reply
    Fê Gonçalves
    27 de janeiro de 2015 at 10:11

    Menina, você precisa passar uma temporada aqui em Sampa para fazer uns posts desses de opções bacanas de restaurantes. Esse ceviche está com uma cara deliciosa, amo! Beijos

  • Deixe um comentário