Eslovaquia Europa Hungria República Tcheca Viagem

Bebidas do leste europeu

Fotos: Natalia Valle

Encerrando as dicas da nossa última viagem à Europa, fizemos uma seleção de spirits que vocês não podem deixar de provar. Ainda não falamos deles por aqui, o termo é usado lá fora para as bebidas destiladas de grãos, ervas ou frutas. Geralmente são servidas em um copo de shot ou pequeno cálice, e contam com uma considerável dosagem alcóolica. Em geral, são consumidas como aperitivos ou digestivos, mas também não passam longe dos pub crawls e das nights.

Nas viagens que fizemos era inevitável encontrar as já famosas vodkas e tequilas, shots populares mundo afora. Bailey’s, Jägermeister, Amarulla, Cointreau, Absinto, Jack Daniels, entre outros, são fáceis de se encontrar até mesmo aqui no Brasil. Dessa vez, tivemos um gostinho de parte do leste europeu. Lá, eles apreciam e se orgulham bastante de seus spirits. Alguns deles só é possível encontrar por lá mesmo, então não deixem de provar caso visitem estes lindos países ou caso se deparem com essas bebidas por aqui ou em qualquer canto do mundo:

Pálinka
Aja igual um húngaro, peça pálinka, dizia um cartaz no Szimpla Kert, um dos famosos ruin pubs de Budapeste. E é assim mesmo. O povo da Hungria tem todo um carinho por sua “cachacinha húngara” a ponto de explicar para você os mais de 80 tipos existentes, sendo cerca de 50 tipos oferecidos em qualquer night de lá. Esse destilado de frutas vem em diversos sabores. Os mais comuns são os de ameixa, abricó, maçã, pêra, morango, uva e cereja.

Os locais alegam que a gradação alcóolica chega aos 70%, mas é só para impressionar os de fora. Na prática, a pálinka tem em geral de 40 a 50% de álcool, como qualquer tequila, vodka ou whisky. Com uma coloração que varia do transparente ao amarelado dependendo da fruta utilizada, a pálinka anima e esquenta qualquer pré night em Budapeste.

Becherovka
O nome dessa maravilha você pronuncia “bequeróvka”. Originária de Karlov Vary, uma linda estância de águas termais na República Tcheca, essa cidade é tão bonita que já serviu de set para filmes como “As Férias da Minha Vida” e “Casino Royale”. A Becherovka foi criada como uma espécie de remédio, mas alguém depois de curado provavelmente quis seguir com o tratamento!

mais de 30 ervas em sua composição (a fórmula é super secreta, gente), o aroma e o sabor desse spirit remete principalmente a anis, canela e cravo. Mas vale demais a degustação para tentar saber que outras ervas esse licor doce contém.

Borovicka
Complexa e exótica como só a Eslováquia poderia ser. Trata-se de um destilado de zimbro, a mesma sementinha usada no Gim inglês, no Jenever flamengo e no Steinhäger alemão. Servida gelada e pura em uma taça pequena, essa bebida é um excelente e único digestivo, infelizmente só encontrada e degustada na Eslováquia mesmo.

Demänovka
Essa é outra delícia da Bratislava. Trata-se de uma espécie de Becherovka eslovaca mas com aromas mais complexos como mel e papoula na nossa opinião. Como a Becherovka, a Demänovka tem a coloração coloração verde clara passando pelo amarelo fosco, e infelizmente é difícil de se encontrar fora da Eslováquia. Portanto, se tiver oportunidade, não deixe de experimentar.

You Might Also Like

2 comentários

  • Reply
    Lívia Alli
    11 de março de 2015 at 20:47

    olha só que bacana, achei bem curioso e informativo o post, curti conhecer essas bebidas

  • Reply
    Renata
    12 de março de 2015 at 5:51

    Adorei conhecer sobre essas bebidas!
    Vou mandar pro meu pai, ele ama essas coisas <3
    beijinhos, Rê

  • Deixe um comentário