Dicas de viagem

Dicas para economizar na viagem

Fotos: Natalia Valle

É um fato, o período não está dos melhores para viajar. Tempos tristes para um blog de viagem, né? Vamos torcer para que seja apenas uma fase rápida para o Brasil e que tudo volte aos eixos o quanto antes. Mas enquanto isso, separamos algumas dicas básicas para economizar na sua viagem. E olha, nem tudo está perdido.

1. Planeje com antecedência
Compre a passagem com meses de antecedência pois a chance de conseguir um valor menor é grande. Para dar uma ideia, minhas férias são agora no fim do ano (vocês vão acompanhar por aqui!) e comprei tudo em Abril. A diferença de valor é brutal, quase R$ 1.000 a mais hoje. Mas se você decidiu em cima da hora, pesquise bastante. Apesar da alta do dólar, as companhias áreas continuam oferecendo promoções para garantir voos cheios.

Aruba

2. Viaje na baixa temporada e fuja dos feriados
Essa é uma dica básica mas que vale lembrar. Nem sempre dá para tirar férias no período desejado, mas tudo na baixa temporada fica mais em conta, tanto as passagens quanto hospedagem. É claro, leve o seu destino em consideração: por exemplo, não vá para a praia em época de chuva apostando na sorte, é uma economia que não vale a pena. Em baixa temporada, priorize destinos em que o clima não afetará a sua viagem.

3. Fique em albergues
Muita gente ainda tem preconceito com albergue achando que é muita bagunça ou sujo, não é por aí. A maioria oferece quarto individual ou de casal, sossegado, mais barato e mais limpo que muito hotel, principalmente na Europa. A dica é pesquisar no Hostelworld (a gente usa demais esse site antes de fechar as hospedagens), lá tem tudo o que você precisa saber e avaliações de quem já se hospedou, fora que dá para comparar os preços e ver se você está fazendo uma boa escolha. Além dos restaurantes e passeios, em breve vamos começar a indicar hospedagens aqui no blog também mostrando que albergue vale super a pena.

Chile

4. Troque a moeda meio a meio
Uma dica de especialistas é trocar uma parte da moeda com meses de antecedência e a outra parte mais próximo da viagem. Dessa forma, se ela oscilar muito como vem acontecendo atualmente, o seu prejuízo será menor.

5. Não ative o roaming do celular
Da última vez que ativei o roaming a conta veio tão estratosférica que nunca mais ousei. Aproveite para se desconectar e estar mais presente na viagem ao invés de ficar preocupado com o que acontece em casa. Ok, ninguém resiste a compartilhar uma foto ou outra nas redes ou dar aquela espiada nos emails (um dia eu chego lá!), mas é possível fazer isso pelo wifi – já dei dica aqui no blog de um app para você encontrar wifi gratuito aonde estiver. Eu geralmente dou notícias para a família através do email ou whatsapp mesmo, mas se você precisar falar com o Brasil, compre um cartão telefônico internacional (é muito baratinho).

Noronha

6. Faça um orçamento, estipule uma meta e anote seus gastos
É sempre importante saber o quanto exatamente você pode gastar na viagem, afinal ninguém gosta de voltar para casa com peso na consciência ou dívidas. Antes de tudo, começe a economizar meses antes para não ir com dinheiro contado. Além de arriscado, a viagem perde metade da graça se você não tem liberdade para ser espontâneo, fazer um passeio que estava fora do roteiro ou comprar algo lindo que viu. Geralmente eu faço o orçamento por dia e vou anotando os gastos. Se um dia eu gasto mais do que o valor estipulado, eu sei que no próximo terei que me conter um pouco mais. Evite usar o cartão de crédito e se espantar com o IOF (Imposto sobre operações de crédito) ao voltar para casa, eu costumo deixar ele ativo apenas para emergências.

7. Economize nos seguros
Seguro é uma coisa que a gente paga para não usar, até dói. Mas é importante, vai que né? Lei de Murphy, gente. Uma dica para economizar é que muitos cartões de crédito internacionais (Amex, Diners, Visa e Mastercard) oferecem descontos, seguros totais ou parciais para viagens. Se você comprou sua passagem utilizando o cartão, você tem direito a estas vantagens. Entre em contato com a operadora do seu cartão para saber mais.

Panamá

8. Compre comida no supermercado
Sim, vocês estão lendo esta dica em um site de gastronomia. É lógico que a gente ama comer naquele restaurante elogiado e explorar outros pela cidade, não deixamos de fazer isso, mas não tem necessidade de ir todos os dias da viagem ou em todas as refeições, certo? Haja grana. Depois que nos instalamos, a primeira parada é sempre no supermercado mais próximo para estocar comidinhas baratas para aquele lanche da tarde ou para compensar no almoço aquele jantar fora do dia anterior. Sem falar que a ida ao supermercado é uma diversão à parte para quem curte gastronomia, é muito bacana ver os produtos dos outros países. Tem muita coisa diferente e gostosa.

9. Atenção ao fazer a mala
É super importante fazer uma lista de tudo o que você precisa para a viagem e se certificar de que está levando o necessário. Não esqueça dos remédios e itens de higiene, são produtos baratos mas que se comprados em outros países com moedas altas será um gasto extra e bem maior do que o necessário.

Arraial do Cabo

10. Explore destinos nacionais
A gente tem essa necessidade de ver o mundo e conhecer culturas diferentes, mas tem muito lugar incrível perto de casa. Explore os destinos nacionais e a América do Sul para fugir do dólar e euro. Nas próximas semanas vamos postar mais dois lugares no Brasil lindos, gostosos e em conta para o seu roteiro de viagem.

As fotos que ilustram o post são do meu portfólio, se você gostou passa lá pra ver mais e me segue no insta! ❤

You Might Also Like

10 comentários

  • Reply
    Fernanda Machado
    20 de setembro de 2015 at 9:17

    Ótimas dicas! Eu tava planejando uma viagem pra janeiro agora em 2016 mas vai ter que ser adiada mais um pouco, essa crise com o Euro e o Dolar mega altos acabaram com meus planos :/

  • Reply
    Clay
    20 de setembro de 2015 at 18:12

    As dicas são maravilhosas!! Só discordo sobre viagens nacionais.. Infelizmente existem várias que são mais caras =/

  • Reply
    Renata
    21 de setembro de 2015 at 7:14

    Adorei as dicas!
    Essa de ativar roaming eu já me ferrei a muitos anos atrás hehehehe
    to começando a planejar minha próxima trip!!!
    beijinhos, Rê

  • Reply
    Nathália // Fashion Jacket
    21 de setembro de 2015 at 11:47

    Ótimas dicas. Amo, amo e amo viajar ♥ Nem imagino como deve estar viajar aí no Brasil agora!

    Beijinhos
    n.

  • Reply
    priscilla barreto
    21 de setembro de 2015 at 18:29

    Adorei as dicas,
    Estou planejando as férias e com certeza vou levar todos em pontos em consideração. Uma pena que o dollar e o euro, estejam nos céus. Mas essa é uma boa oportunidade para também, explorar outros destinos.

    Bjs e boa semana
    Pri

  • Reply
    Gabi Santtos
    22 de setembro de 2015 at 22:10

    Adorei todas as dicas. :)
    Conheci seu blog hj e gostei muito.

    Bjs

    • Reply
      Natalia
      29 de setembro de 2015 at 23:21

      Oi Gabi, seja bem vinda! Obrigada pela visita. Beijos

  • Reply
    Carla Antoni | Um Doce Dia
    23 de setembro de 2015 at 14:54

    No momento o melhor é realmente explorar destinos nacionais, já sobre os albergues, tem que pesquisar bastante como qualquer hotel com pouca estrela, já tive experiências boas e ruins, então o negócio e chafurdar nas dicas encontradas pelo google…hehe

    :**

  • Reply
    Ana Cecília
    30 de setembro de 2015 at 18:07

    Ótimas dicas e fotos maravilhosas !!!

  • Reply
    Samandra
    1 de outubro de 2015 at 15:34

    Que fotos lindas meninas! Eu já fiz disso, comi num dia onde queria, e no outro comprei coisas para comer no hotel. O que faço também é comprar as passagens bem antes… Ajuda muito!

  • Deixe um comentário