Cervejaria Eventos

Mondial de La Bière: Festival Internacional de Cervejas

Fotos: Flavia Peroba

Este mês aconteceu a terceira edição do Mondial de La Bière aqui no Rio, dessa vez no Pier Mauá em um espaço mais amplo para atender melhor o público, que vem crescendo a cada edição. Estivemos por lá cobrindo o festival e somos só elogios: muita variedade, inúmeros rótulos inéditos no Brasil, organização nota dez e houve até um esquema especial de transporte para os visitantes. O evento é considerado a porta de entrada para muitas marcas de cerveja e é um dos mais importantes salões cervejeiros do mundo.

O clima foi muito agradável: ótimas comidas, gente feliz, bate papos alegres, e claro, muita mas muita cerveja mesmo. Ao chegar, cada visitante ganhou um copo de vidro de um dos patrocinadores para usar durante todo o evento, evitando aquela bagunça de descartáveis. Além de ecologicamente correto, quem não prefere sua cerveja em copo de vidro, né? Muitos expositores apresentaram criatividade engarrafada: opções de cervejas com café, chocolate, maracujá, carambola, entre outros. Ótimo pra quem adora sair do lugar comum.

Chegamos cedinho no início do dia, com o evento ainda vazio e tivemos oportunidade de conversar bastante com os profissionais. Foi surpreendente ver como eles, em sua maioria, estavam à frente dos estandes com atendentes bem treinados para explicar cada detalhe das bebidas. Foram muitas opções, mas entre elas destacamos a nossa preferida, a alemã Wieninger Hell que apesar do nome forte significa claro em alemão. A cerveja é excelente, amarga e equilibrada. Uma boa notícia: a marca entrou no mercado brasileiro este mês!

Outros rótulos que fizeram sucesso este ano, com o maior número de votos pelo público presente no Mondial: Niña da Jeffrey (grande vencedora), a Interstellar da Hocus Pocus e Petra Stark do Grupo Petrópolis. Além da votação, houve também o MBeer Contest que elegeu os onze melhores rótulos, escolhidos por um júri especializado através de degustação às cegas. Os destaques ficaram com a Tupiniquim Monjolo BA Wiskey da Cervejaria Tupiniquim e a Smoked Porter da Stone Brewing Co.

E para forrar o estômago e acompanhar tanta cerveja, não podiam faltar comidinhas caprichadas. Apesar de não ser o foco do evento, elas não ficaram para trás. Um dos nossos lugares favoritos para comer em Botafogo, o Irajá Gastrô, estava por lá a convite da Jeffrey com duas opções incríveis: sanduíche de frango frito com picles e um molho delicioso + bolo quente com calda de baunilha. Quebra a ressaca! O evento também contou com food trucks, aproveitamos para provar o sanduíche do Espírito de Porco com lombo, costela e panceta no pão francês e molho harissa – melhor acompanhamento para a cerveja e para a bebedeira excessiva.

Se você perdeu esta edição, não deixe de ir na próxima, fica melhor a cada ano!

You Might Also Like

4 comentários

  • Reply
    Camila Faria
    30 de novembro de 2015 at 12:26

    Muitas opções de cervejas diferentes e deliciosas ~ fiquei com água na boca por aqui!

  • Reply
    mary micucci
    30 de novembro de 2015 at 14:26

    Adoro esse tipo de evento!

  • Reply
    Marcella
    30 de novembro de 2015 at 16:09

    Que delícia de post. Estive no Mondial ano passado e foi incrível.. pena que não consegui ir nesse.

    bjs Má

  • Reply
    Flávia Batista
    30 de novembro de 2015 at 18:17

    Uau! Deve ter sido mara!
    Bjs

  • Deixe um comentário